I Congresso Nacional de Educação da UNIVAP, I CONEFEA - Tecnologia, Pesquisa e Desafios na Educação Brasileira

Tamanho da fonte: 
A DISCRIMINAÇÃO ÉTNICA E SEUS REFLEXOS NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM EM ESTUDANTES BRASILEIROS
Rafaela Komatzu Huayanca, Maria Amélia da Silva Alves de Almeida

Prédio: CEPLADE
Sala: Saguão do CEPLADE
Data: 2018-09-05 04:00  – 06:00
Última alteração: 2018-08-22

Resumo


Este trabalho apresenta uma abordagem acerca da discriminação étnica em estudantes brasileiros, a fim de destacar seus reflexos no processo ensino aprendizagem e seu impacto na educação. Levantou-se dados preliminares sobre o cenário diversificado que o Brasil demonstra. Destacou-se a discriminação étnica como um dos fatores mais prejudiciais em questões de desenvolvimento cognitivo e social. Verificou-se que os efeitos dessa transgressão aos direitos humanos implicam na desvantagem aos estudantes discriminados e também na qualidade da educação; levando a complicações maiores, como o alto índice de analfabetismo no país. Concluiu-se que a discriminação étnica em aulistas configura-se em uma problemática relevante, que embora seja um assunto, o qual, muitas pessoas conheçam, a solução para tal contexto ainda não tem sido eficaz o suficiente.

Palavras-chave


Discriminação étnica; educação; diferenças; estudantes; professores.

Texto completo: PDF